APRESENTAÇÃO

A Liga João Saldanha é uma iniciativa de representantes dos times Estrela Vermelha (Andre e Tocha) e Locomotiva Makhnovista (Luiz), com apoio da Eco Soccer, com intuito de promover uma agenda programada de jogos entre amigos.

O objetivo é realizar dois campeonatos por semestre, a Liga João Saldanha e a Taça Eduardo Galeano, sendo duas edições por ano (Apertura e Clausura) de cada competição, com jogos aos sábados.

ESTATUTO SOCIAL LIGA JOÃO SALDANHA

O nome que escolhemos para batizar nossa Liga, já demonstra o espírito de nosso campeonato. Um campeonato que busca mais que ser um espaço para o futebol, também um espaço de socialização a esquerdistas e trabalhadores em geral, aliando a alegria do futebol, aos valores socialistas. Escolhemos homenagear João Saldanha, comunista, representante do alegre futebol da seleção de 1970, que foi injustamente retirado da seleção as vésperas da Copa justamente por sua ideologia.
Deste modo nosso campeonato busca trazer para nossos momentos de folga o futebol, eterna paixão popular, mas também um espaço de socialização e diversão que possa ser fiel a nossos princípios políticos.
Desta maneira a Liga João Saldanha, por não se tratar de mero futebol, traz algumas obrigações mais, que refletem a identidade deste campeonato: O futebol, o socialismo, a camaradagem, o antifascismo, a inclusão das minorias, a luta em favor dos movimentos sociais e contra qualquer manifestação de preconceito.

Assim os times e atletas da Liga João Saldanha assumem como obrigações:

1 – A solidariedade sempre permeará nosso futebol, assim entendemos que acima de tudo esta o nosso bem estar e alegria, não a competição em si, lesões e discussões podem ocorrer, mas em regra devemos nos respeitar e acima de tudo manter os laços de amizade, como cuidar de todos os membros de nossa liga.
2 – Mais que uma união a Liga João Saldanha é um espaço de socialização, assim cabem a todos os times organizarem os espaços festivos e de convivência da Liga. Mais que jogar futebol juntos somos companheiros e camaradas.
3 – Todos os times assumem o compromisso com a gestão da Liga João Saldanha, uma iniciativa de amigos trabalhadores. Logo a Liga não é um serviço realizado por uma empresa, não tem fins lucrativos, e logo não tem empresários e clientes, patrões e empregados. A Liga depende do esforço coletivo de todos, e os times participantes devem na medida do possível serem solidários a tal organização.
4 – Mais que futebol, nossa Liga tem uma posição política, nenhum de nós é um “homem ideal do socialismo”, porém temos princípios caros a esquerda que devem ser respeitados nesse campeonato.

REGULAMENTO OFICIAL

LIGA JOAO SALDANHA – APERTURA/CLAUSURA 2020

Da Finalidade

I – OS PARTICIPANTES DEVERÃO FAZER JUS AO CONTIDO NO ESTATUTO SOCIAL LIGA JOAO SALDANHA.

II – A LIGA JOÃO SALDANHA, é organizada por membros voluntários dos próprios times participantes, sem fins lucrativos, com apoio da Eco Soccer e com intuito de jogar futebol.

III – O campeonato será disputado em conformidade com o presente regulamento, tendo por finalidade a integração e a confraternização entre os participantes, sendo que:

a) A churrasqueira é de uso livre desde que previamente reservada;

b) Os próprios membros dos times deverão se solidarizar e ajudar na mesa organizadora de cada jogo, com auxílio do árbitro, recebendo documentação dos jogadores bem como preenchendo a súmula.

Da Premiação

IV – Serão as seguintes:

a) Troféu para o Campeão Geral (apertura/clausura);

b) Troféu para a Campeã da Taça Lyudmila Pavlichenko;

c) Taça Eduardo Galeano e Yuri Savichev tem trófeu rotativo;

c.1) Equipe que vencer três vezes a disputa pelo mesmo troféu fica com a taça definitivamente.

Das Inscrições e Equipes

V – A inscrição será acordada entre os times e os organizadores;

VI – Deverão ser inscritos no mínimo 10 e no máximo 15 jogadores por time, com indicação de comissão técnica contendo 2 integrantes, que podem ser substituídos a qualquer tempo, desde que com aviso prévio à organização:

a) Até o dia 20/02 as equipes deverão entregar para a organização a FICHA DE INSCRIÇÃO PREENCHIDA por e-mail ou, entregar IMPRESSA, contendo: relação com os jogadores, com nome e sobrenome, número do documento que será apresentado nos dias dos jogos, NUMERAÇÃO FIXA, bem com o nome do time, especificação do(s) representante(s), e os contatos (telefone e e-mail) do time;

b) Os jogadores uma vez inscritos só poderão ser substituídos na janela – não será permitida a atuação de jogador irregular;

d) Entre 19/03 e 18/04, haverá uma janela que possibilitará aos times a substituição dos jogadores inscritos – de forma manual direto na súmula no dia 18/04, ou previamente encaminhado à organização;

e) Até a primeira rodada poderão ser adicionados jogadores – até o máximo de 15 (manualmente na súmula).

VII – Cada time, através de algum representante, antes do início de cada partida, deverá entregar ao anotador (membro da equipe adversária que terá auxílio do árbitro) os documentos (cujo número fora apresentado no momento de sua inscrição – que será devolvido em momento oportuno) dos jogadores presentes, para que, caso queira, seja conferido pelo anotador/adversário, para evitar escalação de jogadores não inscritos (irregulares).

§1º – O anotador/adversário poderá dispensar o disposto neste artigo;

§2º – Se o adversário concordar, os jogadores poderão apresentar o documento até o final da determinada partida, salvo se o adversário concordar com a não apresentação;

§3º – A falta de apresentação do respectivo documento poderá tornar o jogador irregular para aquela partida, caso o time adversário assim o deseje;

§4º – O prazo para reclamar jogador irregular adversário, junto ao Grupo Deliberativo é de até terça-feira da semana do jogo, meia noite; prazo para defesa é de 48hs (quinta feira, meia noite) e para decisão do grupo é de mais 24hs (sexta feira meia noite).

Dos Custos e dos Pagamentos

VIII – Custos e pagamentos serão regidos em regulamentação apartada.

Do Uniforme

IX – Os times deverão se apresentar com jogo de camisa numerado.

a) Caso os uniformes sejam parecidos e nenhuma das esquipes possuir outro fardamento, a equipe marcada do lado direito na tabela (“visitante”) usará colete (fornecido pela quadra);

b) Desde que com bom senso a utilização do uniforme será flexibilizada.

Das Regras de Jogo

X – O tempo será de 20 minutos cada lado (20x20min.), com 5 minutos de intervalo – não haverá tempo técnico;

a) Os jogos das fases semifinais e finais do Apertura/Clausura (“Saldanhão”), final da LyudPlav e da Galeano terão 25 minutos cada lado (25x25min.), com os mesmos 5 minutos de intervalo – todos as outras partidas terão 20x20min.

XI – Reposições de lateral e escanteio serão feitas com os pés:

a) A lateral tem que ser batida de bola parada, no local de saída de bola, com os pés;

b) Faltas serão cobradas, direta ou em dois lances, de acordo com critério do árbitro.

XII – Atletas devem ser substituídos sempre pelo centro do campo, no lado dos bancos de reserva.

XIII – Atleta que receber cartão vermelho não será substituído, não volta para o jogo e fica, automaticamente, suspenso para a próxima partida.

a) Atleta que receber 3 cartões amarelos durante o Apertura/Clausura cumpre suspensão no próximo compromisso.

b) No jogo em que o jogador receber o 3º amarelo, também receber o vermelho, a suspensão será de 2 (dois) jogos;

c) Os cartões não serão zerados no fim da primeira fase; atletas dos times eliminados do Apertura/Clausura cumprirão a suspensão, no primeiro mata-mata da competição que disputar (Eduardo Galeano ou Yuri Savichev);

d) Na Taça Eduardo Galeano e na Yuri Savichev, a suspensão se dá com 2 cartões amarelos. Cartão vermelho segue a regra do Apertura/Clausura;

e) Em todas as competições, atletas doarão um quilo de alimento não perecível para cada cartão que receber – a ser arrecadado na dia da Superdata – que será doado a entidade a ser definida.

XIV – São critérios de WO:

a) Time que não se apresentar para o jogo no horário e data definido na tabela, com tolerância de 15 min. do horário especificado em tabela (ou seja, do horário em que a quadra estiver reservada para a disputa – exemplos: jogo I, até 9hs15min / jogo II, até 10hs15min / jogo III, até 11hs15min / jogo IV, até 12hs15min);

b) Time que se apresentar com 3 ou menos integrantes;

c) Time que não se apresentar com tolerância de até 15 minutos do horário especificado em tabela, (ou seja, do horário em que a quadra estiver reservada para a disputa – exemplos: jogo I, até 9hs15min / jogo II, até 10hs15min / jogo III, até 11hs15min / jogo IV, até 12hs15min) conforme alíneas acima (“a” e “b”).

§1º – O WO será computado como 3×0 em favor do time presente;

§2º – O time que não se apresentar sem aviso prévio de no mínimo 12hs antes do início da rodada, perderá 1 (um) ponto na tabela de classificação;

§3º – O time que provocar WO e obter vantagem, perderá o benefício logrado;

§4º – Jogador suspenso não cumprirá a suspensão em caso de WO causado pelo seu time.

XV – A partida será encerrada, após o seu início, por número mínimo de jogadores, quando por qualquer razão (expulsão ou lesão) uma equipe tiver menos de 4 atletas aptos a continuar o jogo. O resultado final poderá variar dependendo do resultado no momento da paralisação do jogo. Seguem situações possíveis:

a) Equipe que, mesmo ganhando, não importando o valor, por qualquer motivo fique com menos de 4, neste momento, o jogo será encerrado sendo considerado vitória por WO em favor do time apto.

b) Equipe que perdendo, por qualquer motivo fica com o menos de 4 jogadores, o jogo será encerrado permanecendo o placar de momento.

c) Ambas equipes estão jogando com apenas 4 atletas de cada lado. Em um mesmo lance, dois jogadores se desentendem e os dois são expulsos, deixando os dois times sem o número mínimo de atletas para continuar o jogo. O jogo então deve ser encerrado, permanecendo o resultado atual.

Da Estrutura da Competição

XVI – Todos os jogos serão disputados aos sábados, entre 09hs-14hs, na quadra de cima da Eco Soccer;

a) dois times masculinos ficarão de folga por data, na primeira fase – folgas gerais não haverá jogo.

XVII – A tabela será previamente definida e igualitariamente distribuída entre os horários disponíveis, para que todos joguem contra todos, gerando um mata-mata simples entre os quatro primeiros que, após a semifinal, farão uma disputa de 3º lugar e final.

a) Para fins desta disposição, entende-se por “mata-mata simples” os jogos entre:

a.1) Jogo entre 1º e 4º melhores colocados da primeira fase;

a.2) Jogo entre 2º e 3º melhores colocados da primeira fase.

b) E entende-se por final (b.1) e disputa de 3º (b.2):

b.1) Jogo entre os vencedores da semifinal;

b.2) Jogo entre os perdedores da semifinal.

c) Caso qualquer jogo dos “mata-mata simples” termine empatado a disputa será decidida nos pênaltis.

c.1) Nas disputas de pênaltis serão efetuadas 3 cobranças para cada lado, caso o empate permaneça as cobranças serão alternadas (uma pra cada lado), com repetição de jogadores após todos efetuarem a cobrança, até que a partida seja decidida.

XVIII – Em caso de empate na final a disputa será decidida nos pênaltis (cfr. critérios previstos no XVI, “c.1”).

XIX – São critérios de desempate: (1)derrotas por WO; (2)número de vitórias; (3)saldo de gols; (4)gols pró; (5)confronto direto; (6)cartões vermelhos; (7)sorteio.

XX – A quadra estará reservada durante uma hora (sessenta minutos) para a disputa de cada jogo, portanto:

a) Os times só podem entrar em quadra a partir do início da hora reservada, devendo deixá-la disponível para a próxima partida ao final dos sessenta minutos;

b) A partida começa sempre dez minutos após o início da hora reservada;

c) Intervalo de cinco minutos entre 1º e 2º tempo;

d) Não haverá tempo técnico.

XXI – Ao final de cada edição haverá a Taça Eduardo Galeano, disputada entre os oito melhores colocados da 1ª fase. Os outros dois (9º e 10º) se juntarão aos eliminados no primeiro mata-mata e jogarão a Copa Yuri Savichev.

XXII – Disputarão a Taça Eduardo Galeano:

a) Os oito melhores colocados na 1ª fase, sendo que os confrontos da primeira rodada serão definidos no sorteio no dia da SuperData.

§1º – Os outros times (9º e 10º) disputarão a Copa Yuri Savichev com os eliminados no primeiro mata-mata da Galeano.

§2º – O regulamento completo da Eduardo Galeano e da Yuri Savichev será apresentado em momento oportuno – registre-se que, durante o Apertura e Clausura 2020 estas duas competições serão jogadas com 6 jogadores em cada time.

A DEFINIR
XXIII – Da Taça Lyudmila Pavlichenko de futebol feminino:

A tabela será previamente definida e igualitariamente distribuída entre os horários disponíveis, para que todos joguem contra todos, em dois turnos, gerando uma final, de 25min cada lado a ser disputada pelos dois times que somarem mais pontos. Os outros dois fazem a disputa de terceiro colocado.

a) Para fins desta disposição, entende-se por “finais” os jogos entre:

a.1) Jogo entre 1º e 2º melhores colocados dos dois turnos.

b) E entende-se por disputa de terceiro colocado, jogos entre:

b.1) Jogo entre os dois times que não foram para a final.

c) Caso a final termine empatada a disputa será decidida nos penaltys.

XXIV – Não haverá cancelamento de partidas por questão do tempo (clima desfavorável). Em casos extremos a diretoria resolverá na ocasião de acordo com as circunstâncias.

XXV – Eventuais lesões ocorridas nas partidas não serão de responsabilidade dos organizadores da liga;

Do Congresso Técnico

XXVI – Sempre antes de qualquer temporada se realiza, preferencialmente na Eco Soccer (R. Nilo Peçanha, 2575), o Congresso Técnico, que deverá conter, pelo menos, um representante de cada time, e ocorrerá:

a) Sorteio dos times (para acomodação na tabela);

b) Discussão e aprovação do regulamento;

c) Discussão e aprovação da forma de pagamento;

d) Apresentação da tabela;

e) Outros temas.

XXVII – Times não representados em Congresso deverão acatar o acordado no mesmo.

Indicações de Times para Outras Competições

XXVIII – A Liga João Saldanha, através de seus organizadores, estabelecerá critérios próprios para indicar times integrantes para outras competições.

§1º – Até o momento, o presente regulamento prevê participação de indicados para disputar a Copa Interligas João de Quinta;

§2º – A Liga se compromete a custear, ao menos em parte, as despesas dos times filiados para disputar a João de Quinta – exceto a 1ª edição, uma vez que não haver previsão em regulamento.